segunda, 26 dezembro 2016 16:26

A inovação é fundamental para criar vantagens competitivas

Nos últimos dez anos, a Sonae investiu mais de 600 milhões de euros em inovação, 110 dos quais o ano passado. Este ano, a perspetiva e de crescimento, tanto mais que o grupo tem mais negócios, mais geografias e mais clientes. Mas o que Nuno Lopes Gama, Head of Innovation & Future Tech, destaca não são os valores, mas a abordagem à inovação enquanto criadora de vantagens competitivas duradouras para um grupo que está presente em 80 países.

Store | A Sonae investiu 110 milhões em inovação, investigação e desenvolvimento em 2015. Qual a estimativa para este ano? Há crescimento?

Nuno Lopes Gama | É natural que o investimento cresça uma vez mais, pois o retalho da Sonae continua a crescer. Temos mais negócios, mais geografias, mais pontos de venda, mais clientes, mais vendas.

No entanto, mais inovação não é necessariamente sinónimo de mais investimento e seguramente perseguimos crescimentos de atividade e impacto da inovação mais que proporcionais ao crescimento do investimento respetivo, quer por via do fomento à identificação de maiores e melhores iniciativas, quer por via da procura de eficiências no custo dos fatores empregues.

Assim, não partimos de um objetivo ou decisão de aumentar o investimento, mas sim de aumentar o impacto da atividade de inovação nos resultados da Sonae e na melhoria da experiência de compra e da qualidade de vida das pessoas, apurando depois qual o investimento necessário e viável.

Store | Esse investimento tem crescido, em média, 14,5% ao ano desde 2005. O que explica este ritmo?

NLG | Nos últimos 10 anos, investimos mais de 600 milhões de euros em Investigação, Desenvolvimento e Inovação (I&D+I). Todos os anos temos vindo a aumentar o valor a um ritmo que nos coloca entre as empresas mundiais que mais aumentaram o investimento em inovação. Este investimento tem sido importante para sustentar e reforçar as nossas posições de liderança nos vários segmentos de retalho onde estamos presentes, bem como para a afirmação da Sonae como uma empresa multinacional de referência, com interesses em mais de 80 países.

Sonae | A inovação é encarada como estratégica. Em que medida constitui um fator competitivo da Sonae?

NLG | Na Sonae consideramos que, num mundo cada vez mais global, a inovação é fundamental para a criação de vantagens competitivas duráveis, pelo que dedicamos um esforço regular à inovação e às atividades de I&D. Estamos certos de que uma das formas de desenvolver a nossa atividade é criar novas soluções, colocar em causa os paradigmas e modelos existentes. E isto só se consegue com novas propostas, novos produtos e novos serviços que possam ir ao encontro das necessidades e hábitos entretanto criados.

Store | Diria que é um fator de diferenciação no retalho? Em que medida contribui para atrair e fidelizar clientes?

NLG | Se excluirmos a variável preço, em que somos reconhecidamente competitivos, mas onde os mecanismos de mercado se encarregam de acelerar a erosão das vantagens, a diferenciação entre os operadores faz-se principalmente com base na experiência dos clientes em todas as fases do ciclo de relacionamento – desde a consideração até à fruição dos bens e serviços, passando naturalmente pela sua compra. Assim, a inovação desempenha um papel crucial para o sucesso dos negócios de retalho, já que contribui para o surgimento de soluções que antecipam a resposta às necessidades e gostos dos clientes nessa experiência, em particular daqueles que ainda não se manifestam de forma explícita.

Store | A inovação vai muito para além do produto. Entre a sustentabilidade, o serviço e a experiência do consumidor, quais são os eixos da estratégia da Sonae neste âmbito?

NLG | A nossa prioridade estratégica passa por ajudar os vários negócios a desenvolver a sua proposta de valor, com o objetivo último de endereçar cada vez mais e melhor as necessidades e preferências dos seus clientes.

Para alcançar este objetivo, utilizamos uma abordagem interdisciplinar assente em dez tipos de inovação. Ao nível da oferta, trabalhamos os domínios do desempenho dos produtos/serviços e dos sistemas associados. Ao nível da configuração, trabalhamos nos eixos de processos, modelos de negócio, estruturas e rede. E ao nível da experiência, trabalhamos os eixos do serviço, marca, canais e envolvimento com o cliente.

Em função do projeto, procuramos medir poupanças alcançadas, nomeadamente ao nível de tempo despendido nos processos e dos custos diretos e indiretos, bem como o potencial impacto ao nível das receitas. Analisamos também outras variáveis de eficácia e eficiência, de forma a averiguar se contribuem para a criação de vantagens competitivas e a avaliar o retorno potencial da iniciativa. Usamos cada vez mais uma abordagem experimentalista e colaborativa, o que nos permite maior agilidade, aprendizagem através da execução e partilha de risco com os nossos parceiros.

Store | Qual o retorno no negócio? É possível quantificar?

NLG | As inovações introduzidas ao longo do último ano permitiram poupanças muito significativas, ao garantir o contínuo reforço da eficiência das várias empresas de retalho. As inovações implementadas tiveram também forte impacto ao nível comercial, decorrente das melhorias na qualidade dos produtos e serviços, bem como da experiência de compra e consumo.

Mas mais importante, as poupanças que conseguimos permitiram melhorar, ainda mais, a nossa proposta de valor para o cliente, com os melhores preços e oferta. O resultado é um reforço das posições competitivas das nossas marcas.

Em alguns projetos, as eficiências alcançadas traduziram-se em poupanças que ascendem a 40% nos custos de alguns dos fatores produtivos. Por outro lado, desenvolvemos novos formatos de loja, modelos de negócio inovadores e novas ofertas que proporcionaram maior atratividade das nossas insígnias, das nossas marcas de produto e das respetivas propostas de valor, proporcionando, no caso de um dos projetos, quintuplicar as vendas.

Esta entrevista pode ser lida na íntegra na edição impressa da Store Magazine.

fs@storemagazine.pt

 

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária

Agregadores

Briefing Advocatus Fibra Store Welcome Vital Health