Distribuição

11-09-2020

A quota de mercado das vendas online, no setor da distribuição, pode atingir os 10% em 2025 na Europa, em comparação com os 3,8% em 2019. Ademais, de acordo com um estudo da consultora Bain & Company, prevê-se que 35 a 45% do aumento do consumo continue em 2020, apesar do abrandamento das medidas de contingência causada pela Covid-19.

11-09-2020

Os Bens de Grande Consumo apresentaram, no segundo trimestre do ano, uma "forte tendência de crescimento": mais 8,2%, seguindo a tendência já verificada no primeiro trimestre (mais 14%). Estes são alguns dos resultados do estudo “The Conference Board Global Consumer Confidence Survey”, conduzido em colaboração com a Nielsen, que posiciona Portugal no 14º. lugar entre os 21 países analisados.

10-09-2020

O Lidl entende que o “privilégio de ter 258 lojas em Portugal lhe traz uma responsabilidade acrescida: “A de marcarmos presença na vida da sociedade que tão bem nos acolhe, nos momentos em que somos mais precisos, garantindo o acesso a bens de primeira necessidade aos nossos clientes e às franjas mais frágeis da sociedade”, declara a diretora de Comunicação Corporativa, Vanessa Romeu. Além do mais – acrescenta – a insígnia “acredita que a responsabilidade social é a sua forma de retribuição pelo privilégio de participar e servir a sociedade, pelo que o atual contexto apenas reforçou a nossa atuação”.

09-09-2020

A Mango lança em Portugal o seu novo clube de fidelização “Mango Likes You”, que dá “gostos” aos seus clientes e não o contrário. A marca pretende reforçar o vínculo com os seus clientes, através da oferta de experiências.

09-09-2020

O Intermarché, insígnia alimentar do Grupo Os Mosqueteiros, investiu 3 milhões de euros na abertura de uma nova loja na Quinta da Piedade, no concelho de Vila Franca de Xira. O novo ponto de venda permite a criação de 40 novos postos de trabalho na região, numa superfície comercial inovadora e moderna com um total de 890m2.

08-09-2020

A Mercadona implementa a Estratégia 6.25, que envolve a promoção da Economia Circular, com vista à diminuição significativa de plástico em toda a empresa, evitando que se converta em desperdício. Até 2025, compromete-se a reduzir 25% do plástico; todas as embalagens de plástico recicláveis e reciclar todos os resíduos de plástico.

Newsletter

captcha 

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária