segunda-feira, 30 abril 2018 15:33

Volume de negócios no retalho sobe 5,1%

O índice de volume de negócios no comércio a retalho registou, no primeiro trimestre de 2018, uma variação homóloga de 5,1% (4,3% em fevereiro). O emprego, a remuneração e as horas trabalhadas apresentam taxas de variação de 2,5%, 3,8% e 0,4, respetivamente. Os dados são do Instituto Nacional de Estatística (INE).

 

A aceleração do índice de volume de negócios no comércio a retalho foi determinada pelo contributo de 1,2 pontos percentuais nos Produtos Alimentares, resultado de uma taxa de variação homóloga de 6,2% (3,6% no mês anterior). O agrupamento dos Produtos não Alimentares registou uma variação homóloga de 4,3% (4,9% em fevereiro).

O índice de emprego no retalho apresenta uma variação homóloga de 3,7% em março, igual ao registo de fevereiro, apresentando uma taxa de variação mensal de 0,7%, idêntica ao mesmo período de 2017. No que toca às remunerações efetivamente pagas apresentam um crescimento de 3,4%. Este índice diminui 0,9% face ao mês anterior (fevereiro: 4,7%). O INE adianta ainda que o índice de horas trabalhadas, ajustado de efeitos de calendário, cresceu 0,4% em termos homólogos (aumento de 0,3% no mês anterior).

Fonte: Instituto Nacional de Estatística

Newsletter

captcha 

Estante

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária