quinta, 21 março 2019 16:16

Negócios Sonae crescem 8,1%, em 2018

A Sonae, em 2018, aumentou o volume de negócios para 5.951 milhões de euros, uma subida de 8,1%, que revela o crescimento de todas as áreas do grupo. O resultado líquido evoluiu de 166 milhões de euros para 222 milhões, ou seja, mais 33,7%, e o investimento, impulsionado pela expansão orgânica e aquisições, progrediu para 702 milhões de euros.

 

Em termos de rentabilidade, o EBITDA recorrente cresceu 12,2% para 425 milhões de euros e o EBITDA total alcançou 483 milhões de euros, a que corresponde um crescimento de 26,7%. Ainda no contexto dos resultados anuais de 2018, a Sonae reduziu em 223 milhões de euros a divida em base comparável, situando a divida líquida em 1.317 milhões euros.

Este desempenho beneficiou da contribuição dos negócios de retalho da Sonae, nomeadamente do desempenho like-for-like e da expansão da rede de lojas.

Desta forma, a empresa adianta que a Sonae MC alcançou um “crescimento recorde da última década”. No retalho alimentar o volume de negócio subiu 7%, ultrapassando os 4 mil milhões de euros, um desempenho suportado por um crescimento like-for-like de 2,8% em 2018 e expansão de rede de lojas, que chegou ao total de 1.085 (incluído franquiadas), mais 122 que em 2017. O EBITDA subjacente melhorou 15 milhões de euros, para 228 milhões de euros.  

Prosseguindo a expansão com lojas fisicas e online, a Worten conclui 2018 com um volume de negócios de 1,1 mil milhões de euros, 7,6% acima de 2017. A insígnia aumentou a rede de lojas em 17 unidades, atingido um total de 257 espaços na Península Ibérica. Esta expansão e o impacto da Black Friday levaram a que o EBITDA subjacente ficasse estável, situando-se nos 35 M€, com uma margem de 3,2%.

Em contraciclo com o mercado da moda está a Sonae Sports & Fashion que conseguiu um aumento de 7,2 like-for-like e vendas de 104 milhões de euros no quarto trimestre de 2018, significando um crescimento total de 7,9% face ao período homologo. As vendas totais da Sonae S&F atingiram 369 milhões de euros em 2018 e aumentaram 1,9% em comparação com 2017.

No final do terceiro trimestre de 2018, a Sonae concluiu o acordo com o grupo Grosvenor para a aquisição de uma participação adicional de 20% da Sonae Sierra pelo valor de 256 milhões de euros. Após esta transação, a empresa passou a deter 70%, consolidando o balanço da Sonae Sierra no terceiro trimestre e a demonstração de resultados a partir do quarto.

“Foi um ano de sucesso para a Sonae, que cresceu significativamente, melhorou rentabilidade e concluiu uma importante fase do seu desenvolvimento estratégico”, diz Ângelo Paupério, co-CEO da Sonae.

Fonte: BA&N

Newsletter

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária