sexta-feira, 29 novembro 2019 13:24

Portugueses gastam mais este Natal

O Estudo de Natal 2019 da Deloitte revela que os portugueses esperam gastar, em média, 387 euros, por agregado familiar. Este valor inclui gastos estimados para as categorias de presentes, refeições, eventos sociais e viagens, e representa um aumento de 9 euros, face a 2018, embora se encontre abaixo da média europeia, que se fixa, este ano, nos 461 euros.

A primeira quinzena de dezembro continua a ser o período preferido para os portugueses fazerem as suas compras de Natal, segundo a Deloitte, embora se registe uma tendência crescente de antecipação, com o mês de novembro a ganhar cada vez mais peso nas preferências das famílias. Destaca-se o período da Black Friday, durante o qual 68% admite fazer algumas das suas compras de Natal, um valor idêntico ao da média europeia. 

Para fazer estas compras, os portugueses mantêm a preferência por lojas físicas – com particular incidência para os centros comerciais (67%) – , uma escolha justificada pelo serviço personalizado de atendimento, as políticas de devolução e uma maior confiança nos meios de pagamento utilizados.

Por outro lado, verifica-se ainda que o mercado online tem vindo a crescer, prevendo-se que possa representar 25% das compras de Natal feitas em Portugal, este ano.

Os chocolates são apontados por 60% dos participantes no estudo da Deloitte como “a prenda ideal” para esta época natalícia, tanto para homens como para mulheres.

Em termos de presentes “mais desejados”, o top 3 fica completo, no caso masculino, com livros e roupa, e, no caso feminino, com cosmética/perfumes e livros.

Antes do momento da compra, os inquiridos recorrerem a várias opções para se inspirarem, nomeadamente, lojas físicas (63%), sites das marcas (37%), recomendações de amigos (31%) e redes sociais (28%).

Fonte: Deloitte

Newsletter

captcha 

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária