sexta-feira, 15 maio 2020 19:13

Vendas da Jerónimo Martins sobem 11% no primeiro trimestre

As vendas no primeiro trimestre subiram 11%, na Jerónimo Martins, para 4.715 milhões de euros, face ao ano anterior. De acordo com a empresa, os custos, nas duas últimas semanas de março, relacionados com o reforço das condições de segurança para colaboradores e clientes, em contexto de pandemia, foram cerca de 15,5 milhões de euros.

“Fechámos o primeiro trimestre do ano com um crescimento de vendas assinalável, o que traduz a força competitiva dos vários negócios e a flexibilidade e resiliência das nossas operações, mesmo quando postas à prova por uma ameaça sem precedentes, como é o caso da pandemia por COVID-19”, refere o presidente e administrador delegado da Jerónimo Martins, Pedro Soares dos Santos.

No País, o Pingo doce registou uma subida nas vendas de 3,5%, para 936 milhões de euros; e o Recheio apresentou vendas de 214 milhões de euros, mais 0,2% face ao período homólogo de 2019.

A distribuição em Portugal registou um EBITDA de 62 milhões de euros – um recuo de 8,4% face a igual período do ano anterior. A margem EBITDA recuou de 6,1% para 5,4%.

Fonte: Jerónimo Martins

Newsletter

captcha 

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária