Imprimir esta página
sexta-feira, 16 outubro 2020 15:04

APED dá conselhos para combater desperdício alimentar

Planear as refeições antes de ir às compras e interpretar corretamente os diferentes prazos de validade são duas das dicas de combate ao desperdício alimentar que a Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED) apresenta num vídeo lançado por ocasião do Dia Mundial da Alimentação.

 Segundo a APED, “a redução do desperdício de alimentos é uma missão que não cabe apenas à distribuição, pois todos somos consumidores”, pelo que aconselha também a planear as refeições antes de ir às compras, deixando para o fim a compra dos alimentos refrigerados e congelados, pois reduz as perdas de frio, prolongando a vida dos produtos. Considera ainda importante: arrumar os alimentos de acordo com a validade, colocando os de prazo menor à frente, para serem mais acessíveis ao consumo; após abrir a embalagem, colocar os alimentos em recipientes hermeticamente fechados, apontando a data de validade; e usar a fruta madura para batidos ou saladas, os hortícolas para sopa ou esparregado e as sobras das batatas cozidas para puré ou empadão.

A prevenção do desperdício alimentar é um princípio intrínseco à atividade dos associados da APED, garante, “pelo que muitas são as boas práticas que podem ser destacadas em relação à eficiência das operações internas e disponibilização de alimentos que estão em fim de vida útil em termos de comercialização”.

No ano passado, o setor da distribuição disponibilizou 16 mil toneladas de excedentes alimentares para mais de 1.000 IPSS de todo o país; utilizou 3.700 toneladas de legumes não calibrados em sopas e outros produtos, em vez de os deixar abandonar nos campos agrícolas; reduziu o desperdício graças à eficiência da logística, formação dos colaboradores e sensibilização dos clientes; produziu doces ou outros produtos a partir de excedentes alimentares como frutas e legumes e apostou na venda a granel de fruta, legumes, marisco, produtos de padaria e pastelaria, permitindo ao cliente comprar apenas a quantidade desejada.

Fonte: LPM

Mídia