terça-feira, 24 maio 2022 15:24

Cabaz de bens não alimentares aumenta 17 euros desde início da guerra

O preço de um cabaz de produtos não alimentares subiu cerca de 17 euros desde o início da guerra na Ucrânia, o que representa um aumento de 10,65% para as famílias portuguesas. A informação foi divulgada pelo KuantoKusta e diz respeito à variação de preços entre 11 de fevereiro e 11 de maio.

Segundo o comparador de preços, a guerra na Ucrânia e a inflação recorde consequente – que em Portugal atingiu os 7,2% em abril, valor mais alto em 29 anos – “provocaram um impacto pesado nas carteiras dos portugueses, desde a escalada dos preços da energia, aos aumentos dos bens alimentares”.

A 11 de fevereiro, duas semanas antes da invasão russa, o cabaz analisado custava 163,29 euros, enquanto a 11 de maio o mesmo cabaz encarecera 16,95 euros para um total de 180,24 euros.

Este aumento representa uma subida de 10,65% no cabaz composto por produtos de compra recorrente como ração animal, champô, gel de banho, desodorizante, pasta de dentes, analgésicos, espuma de barbear, protetores solar e produtos de nutrição para bebés.

Fonte: PressMedia

Newsletter

captcha 

Estante

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária