Imprimir esta página
sexta-feira, 05 agosto 2022 15:00

PPR dá luz verde ao projeto VIIAFOOD

O projeto VIIAFOOD foi aprovado no âmbito do Programa de Recuperação e Resiliência (PRR). O consórcio, composto por cerca de 50 entidades, entre empresas, laboratórios e associações do setor, é liderado pela MC e tem coordenação da PortugalFoods.

O objetivo é impulsionar a transformação do setor alimentar português e aumentar a competitividade das empresas nacionais. Promete desenvolver mais de 130 novos produtos, serviços e processos até 2025, em linha com as tendências nacionais e internacionais da alimentação saudável e da sustentabilidade.

O VIIAFOOD representa um investimento global de cerca de 110 milhões de euros, sendo cerca de 50% financiado no âmbito das “Agendas Mobilizadoras para a Inovação Empresarial” do PRR e os restantes 50% pelas empresas envolvidas.

Através da investigação e desenvolvimento de novos produtos e da melhoria de processos produtivos por via de novas tecnologias, os desenvolvimentos obtidos visam contribuir para a promoção de uma alimentação mais saudável e sustentável, em linha com tendências de nutrição e sustentabilidade globais, bem como para a capacitação deste setor da economia portuguesa, aumentando a sua competitividade internacional.

“O nosso país tem recursos e condições únicos que não podemos desperdiçar. Com o VIIAFOOD queremos elevar o setor agroalimentar português a um nível superior, em que as nossas empresas estejam capacitadas para intervir nos mercados externos de forma competente e com argumentos de peso. Há áreas de negócio para explorar e oportunidades de melhoria na forma como produzimos e fazemos chegar os produtos aos clientes, que temos de agarrar. Este é um projeto para impulsionar a economia nacional”, afirma José Fortunato, Administrador da MC.

“O Pacto de Inovação VIIAFOOD é, sem dúvida, o maior movimento do setor agroalimentar português. Com um forte investimento das empresas, preconizando um setor mais competitivo, mais digitalizado e mais sustentável, esta iniciativa contribuirá para acelerar a recuperação e o aumento da resiliência da indústria nacional, objetivo central dos investimentos e dos apoios no âmbito do PRR”, acrescenta, por sua vez, o presidente do Conselho de Administração da PortugalFoods, Amândio Santos.

Fonte: LPM