segunda-feira, 19 setembro 2022 13:15

E-commerce: consumidores valorizam encomendas sustentáveis

Mais de metade dos compradores online estão disponíveis para esperar mais por uma encomenda se ela for proveniente de uma loja sustentável. E um em cada cinco admite pagar mais por uma entrega eco-fridendly. Estes são resultados de um inquérito feito pelo Descartes Systems Group a oito mil pessoas no Canadá, Estados Unidos, Reino Unido, Holanda, Alemanha, Bélgica, Noruega, Suécia, Dinamarca, Finlândia e França.

Em média, 46% das compras online são entregues em casa, com os consumidores interessados em entregas combinadas, isto é, que reúnam múltiplas encomendas.

No que toca aos segmentos em que existe maior preocupação dos consumidores com a sustentabilidade, a alimentação e o vestuário e calçado são os principais, com 35% cada.  Mas, há diferenças entre países: na Alemanha, a preocupação com o setor alimentar é maior (46%), enquanto a Holanda apresenta o resultado mais baixo (21%).

Para as compras de supermercado, mais de metade dos inquiridos estão disponíveis para levantar as encomendas se for mais sustentável, o mesmo acontecendo com 45% dos que compram roupa e calçado online.

Ainda assim, 40% dos compradores considera a conveniência mais importante do que a sustentabilidade e apenas em cada cinco está preparado para pagar mais por uma entrega ambientalmente consciente. Este número é maior entre as gerações Z e os millennials (27%), comparados com os adultos com mais de 50 anos (14%).

Fonte: Ecommerce News

Newsletter

captcha 

Estante

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária