segunda-feira, 07 novembro 2022 14:19

Mercadona sobe salário de entrada em 11%

A Mercadona anuncia que vai aumentar em 11% o salário de entrada dos seus colaboradores em Portugal a partir de janeiro. O vencimento será de 1.034 euros brutos mensais, “o que representa uma diferença de 147 euros em relação ao salário mínimo nacional (com duodécimos incluídos)”, revela a retalhista, em comunicado.

A empresa indica que, além disso, num máximo de quatro anos de antiguidade, os colaboradores recebem um aumento de 11% anual que permite atingir um salário no valor de 1.414 euros brutos mensais (com duodécimos). Adicionalmente recebem também um prémio anual por objetivos que corresponde a um salário extra, nos primeiros quatro anos, e dois salários extra nos anos seguintes.

“A Mercadona pretende continuar a crescer em Portugal e o nosso objetivo é promover condições laborais competitivas, tanto a nível económico como na conciliação ou no desenvolvimento profissional. Para poder oferecer um serviço de excelência ao cliente, a empresa tem de contar com recursos humanos de qualidade, o que implica investir nas pessoas e oferecer condições que as satisfaçam e motivem para realizar o seu trabalho da melhor forma possível”, afirma o responsável de Benefícios e Compensações em Portugal, Hugo Pilar.

Fonte: Mercadona

Newsletter

captcha 

Estante

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária