segunda-feira, 07 novembro 2022 14:34

Worten: lojas físicas têm vantagens únicas

Com a disseminação do mundo digital, abriu-se uma nova era, mas na Worten continua-se a valorizar o espaço físico, o contacto humano, o acolhimento presencial e o aconselhamento personalizado. O digital é uma mais-valia, é certo, mas a insígnia assegura que as lojas físicas no retalho são uma aposta para manter.

“Mesmo tendo registado um crescimento exponencial nos últimos dois anos, o site worten.pt não põe em causa a manutenção e a importância das lojas físicas, que continuam a ser um espaço de eleição e referência para muitos consumidores. Há, de facto, aspetos na experiência de compra em que a loja física apresenta vantagens únicas sobre o digital, nomeadamente o contacto com o produto, aliado ao ‘toque humano’ do aconselhamento por vendedores especializados”, afirma o Head of Store Concept & Environment, Mário Costa. “Por isso, é seguro afirmarmos que a Worten continuará a abrir lojas e a apostar na formação e especialização das suas equipas de vendas”, acrescenta.

A insígnia possui atualmente 200 lojas em Portugal, três delas inauguradas em 2021, a par de uma abertura nas Canárias. Já este ano abriu uma nova loja em Aveiro. “Embora tenhamos, há já vários anos, uma estratégia focada no omnicanal, entendemos as lojas como um grande acelerador para o online e vice-versa, pelo que, este ano, manteremos a nossa política de expansão e de reforço da rede”, justifica.  Assim, “prevê abrir entre oito a dez lojas”, com base numa estratégia de proximidade com os consumidores. “Numa lógica de que, onde quer que estejam, têm perto de si uma loja Worten, para apoiá-los naquilo que precisam. Naturalmente, esta política de aberturas de lojas está dependente da disponibilidade de espaços no mercado e do facto de os considerarmos uma boa opção para nós e para os nossos clientes”, explica.

Em termos de objetivos globais, a insígnia “pretende reforçar a sua estratégia omnicanal, em que o digital/online complementa o físico e vice-versa, mantendo uma política de aberturas coerente e adequada às exigências do mercado” do retalho. “Na nossa opinião, os pontos de presença offline são um ativo muito valioso, num mundo cada vez mais digital, na medida em que as lojas são um enorme asset de conveniência para os consumidores. Só para dar um exemplo: em 2021, 38% das compras realizadas na nossa loja online foram, por opção do cliente, recolhidas gratuitamente numa loja Worten”, sustenta.

“É certo que em worten.pt o consumidor ‘tem tudo e mais não sei o quê’, graças a um catálogo enorme e diversificado de produtos – mais de seis milhões de produtos –, mas, essa gama acaba também por estar disponível em loja, através de uma venda assistida, realizada com a ajuda de um vendedor, que prestará, se necessário, e de uma forma muito direta e personalizada, todos os esclarecimentos relativos a essa compra. Esse atendimento especializado proporciona uma experiência de compra integrada e gratificante, que nos ajuda a estabelecer e/ou reforçar uma relação duradoura com os consumidores”, finaliza Mário Costa.

 

Fonte: Store Magazine edição abril-junho 2022

Newsletter

captcha 

Estante

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária