segunda-feira, 05 fevereiro 2024 10:42

Sonae quer comprar Diorren por 152 milhões de euros

A Sonae, através da Sparkfood (unidade de investimento do grupo liderado por Cláudia Azevedo “em empresas dedicadas a soluções alimentares sustentáveis e saudáveis”), está em negociações para adquirir uma participação de cerca de 89% na Diorren, empresa detentora da BCF Life Sciences, por 152 milhões de euros, avança em comunicado.

Fundada em 1986 e sediada na Bretanha, França, a BCF produz ingredientes para a indústria de nutrição através de um processo de produção “inovador” apoiado nos princípios da economia circular. A BCF transforma resíduos da produção alimentar em ingredientes de elevado valor acrescentado (aminoácidos), os quais são incorporados em produtos farmacêuticos, na alimentação humana e animal, bem como em soluções para a agricultura sustentável. Os processos de produção da BCF estão protegidos por várias patentes e segredos comerciais desenvolvidos internamente ao longo dos anos e aperfeiçoados pela atual equipa de gestão. Segundo a Sonae, a “BCF mantém relações estáveis e de longo prazo com os seus principais clientes, nomeadamente produtores de alimentos para consumo humano e animal que incorporam os ingredientes da BCF nos seus produtos acabados”.

A BCF terminou 2023 com um volume de negócios de cerca de 53,5 milhões de euros, mais 11% que em 2022.

Após a concretização da transação (que ainda aguarda autorização das autoridades competentes), “a BCF continuará a ser gerida pela atual equipa de gestão”, que planeia reinvestir na Diorren e que deterá os restantes 11% da empresa. A Sonae espera ter esta transação terminada no primeiro semestre de 2024.

Garante a Sonae que esta transação está totalmente alinhada com a sua estratégia para a criação, na Sparkfood, de uma plataforma global na indústria de food tech, “através da aquisição de empresas especializadas em ingredientes inovadores, com forte conhecimento, experiência comprovada e posições relevantes no mercado. Esta transação enquadra-se também no compromisso da Sonae para com um futuro mais sustentável, uma vez que representa um importante investimento na economia circular, e contribui para a expansão internacional do Grupo”.

Fonte: BA&N

Newsletter

captcha 

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária