×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 807

segunda-feira, 10 março 2014 17:27

Taxas: comércio pode poupar 118 milhões de euros

Taxas: comércio pode poupar 118 milhões de euros A cobrança de taxas interbancárias de até 0,2% e 0,3% para cartões de débito e de crédito permitiria poupanças anuais de 118 milhões de euros para os sectores do retalho, restauração e hotelaria.


Os dados são da Associação Portuguesa das Empresas de Distribuição que voltou, a defender uma redução das comissões cobradas ao comércio pela banca e instituições financeiras pela utilização dos pagamentos eletrónicos.


Só num ano a hotelaria e restauração gastaram 98,7 milhões de euros em comissões que, em alguns casos, chegam aos 1,75% (crédito) e 1% (débito), segundo dados avançados na sexta-feira numa audição parlamentar.


A iniciativa de limitar as taxas bancárias, a ser votada no Parlamento Europeu em abril, levou o Partido Socialista a avançar com uma proposta legislativa na Assembleia da República impondo o limite às taxas para 0,2% e 0,3%.


Durante a audição com o grupo de trabalho da Comissão de Finanças, Ana Isabel Trigo de Morais, diretora-geral da APED, defendeu que há "um esmagamento concorrencial" neste sistema, já que são os bancos emissores dos cartões que definem os preços das taxas interbancárias, criando "margens tão pequenas que esmagam a concorrência".


Fonte: Público

Newsletter

captcha 

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária