quinta-feira, 09 abril 2015 15:38

Crescer em resultados, lojas e clientes é a ambição do AKI

Crescer em resultados, lojas, colaboradores e clientes é o desejo de 25 anos do AKINo ano em que comemora o 25º aniversário em território português, o AKI preparou um ano de surpresas para os clientes, apostando em promoções e no reforço da presença digital, através da aplicação AKI Mobile e de tutoriais de bricolage no canal de YouTube da marca. E o objetivo para 2015, explica o diretor-geral, Andrés Osto, é só um: crescer, crescer e crescer.


Store Magazine | O AKI Portugal está a celebrar o 25º aniversário. Quais os momentos que marcaram este último ano?
Andrés Osto | O último ano ficou marcado, sem dúvida, pelo aumento do número de lojas do AKI em Portugal, mais concretamente três: Bragança, Torres Novas e Portimão. Estas aberturas reforçaram ainda mais a nossa intenção de manter um ritmo acelerado de abertura de novos espaços nos próximos anos. Crescemos ainda em número de colaboradores, assumindo-nos como uma marca que está a apostar em Portugal e, na medida das suas possibilidades, a contrariar o ambiente menos positivo em que temos estado mergulhados. O ano de 2014 ficou ainda marcado, internamente, por termos aberto a possibilidade a todos os nossos colaboradores de se tornarem acionistas do grupo ADEO, ao qual pertencemos, transformando em ações um novo prémio que lançámos de Partilha dos Resultados do AKI em Portugal. Por fim, 2014 foi ano de consolidação do nosso projeto empresa, iniciado em 2013, e no qual definimos em conjunto a nossa missão, visão e valores. Neste âmbito, por exemplo, os objetivos do AKI para 2015 tiveram a participação de todos os colaboradores da empresa.


Store Magazine | E está prevista a abertura de novas unidades para este ano?
AO | Temos já prevista a abertura da nossa 30ª loja, em Oeiras, para a primeira quinzena de março. Outras aberturas se seguirão. Queremos ter, pelo menos, 40 lojas em 2019. Até ao ano passado apenas abríamos espaços em localidades com mais de 40 mil habitantes mas, neste momento, já estamos a chegar a cidades na ordem dos 20 mil habitantes, como é o caso de Bragança e com resultados muito positivos que comprovam ser este o caminho certo.


Store Magazine | Qual o modelo de negócio seguido pelo AKI em Portugal?
AO | O nosso modelo de negócio é o da proximidade e, acrescentaria, da confiança. Mais do que vendermos um produto aos nossos clientes procuramos que encontrem no AKI resposta para uma necessidade. A compra deve ser simples e, daí, termos apostado muito na imagem e disposição dos produtos nas nossas lojas. Adicionalmente, estamos a reforçar a nossa presença no mundo digital porque sabemos que é também aí que o nosso cliente está e que procura resposta para as suas necessidades. Relativamente ao preço, o que dizemos é que não há melhor preço na concorrência a menos de 20 minutos da nossa loja e garantimos isso, ou seja, se o nosso cliente encontrar um preço melhor devolvemos 3 vezes essa diferença!


Store Magazine | E a nível de expansão para o exterior? Há planos?
AO | O AKI faz parte do grupo ADEO, o 3º maior grupo de bricolage do mundo e o 1º da Europa. O grupo tem 27 empresas e mais de 80 mil colaboradores. Está dividido em várias tipologias de negócio, integrando-se o AKI nas denominadas "Lojas de Proximidade". Existem 378 lojas de proximidade, 236 delas em regime de franchising, representadas pelas marcas Weldoom, Bricocenter e AKI (no nosso caso estamos em Portugal e Espanha). No caso do AKI em Portugal todas as nossas atuais lojas, e as previstas até 2020, são próprias. Não fecho a porta, contudo, à reflexão de outras fórmulas ao estilo de franchising para chegar a zonas de influência e a mais clientes.


Store Magazine | Que resultados obtiveram, a nível de vendas?
AO | Em 2014 mantivemos a tendência de crescimento já registada no ano anterior. Em 2014 crescemos 5% em resultados face ao ano transato.


Store Magazine | Os valores registados correspondem aos objetivos traçados pela marca?
AO | Sim, os valores estão dentro do esperado e prevemos continuar a crescer nos próximos anos.


Store Magazine | Como tem o AKI correspondido aos avanços tecnológicos no setor da distribuição?
AO | No ano passado lançámos a aplicação AKI Mobile, um projeto inovador no retalho não alimentar, que consiste numa aplicação para smartphones, à qual todos os colaboradores do AKI têm acesso, e que constitui um auxiliar de excelência no momento em que têm de dar resposta às questões dos clientes. Qualquer informação solicitada pelo cliente pode, assim, ser dada em segundos e ainda com maior nível de detalhe - preços, produtos, modelos, encomendas, stock. Apostamos também no nosso site como canal de relação com o cliente. O ano passado tivemos mais de 5 milhões de visitas ao site. Por último, e talvez o mais diferenciador: todos os nossos colaboradores a partir do primeiro trimestre deste ano vão ter smartphone...todos! Este instrumento de trabalho permitir-nos-á não apenas dizer que estamos, mas estarmos mesmo, próximos dos nossos clientes, que terão o número de telefone direto do seu vendedor preferido, a quem poderão telefonar, enviar e-mail, que estará constantemente disponível para o esclarecimento de todas as dúvidas e necessidades que possam surgir.


Store Magazine | Quais as inovações que já estão integradas no universo AKI?
AO | Conforme referido na questão anterior, ao nível das aplicações móveis, lançámos em 2014 o AKI Mobile. Noutros campos, estamos neste momento a preparar um novo site AKI que permitirá uma experiência de compra melhorada e também um canal no YouTube que será alimentado com vários tutoriais de bricolage.


Store Magazine | Quais as metas a cumprir em 2015?
AO | Crescer, crescer e crescer. É este o nosso objetivo principal e sabemos que vamos conseguir. Crescer em resultados, em lojas, em colaboradores, em clientes. Queremos que 2015 seja um ano marcante para o AKI. É um ano muito importante para nós porque comemoramos 25 anos de atividade em Portugal. Ao longo do ano, iremos desenvolver várias atividades para que os nossos clientes, fornecedores e colaboradores festejem connosco este marco. Já lançámos a primeira campanha com a promoção 25x25x25, na qual oferecemos 25% de desconto em 25 produtos no dia 25, e iremos repetir, com produtos diferentes, todos os meses. Outras campanhas e iniciativas, surpreendentes, se seguirão. Em 2015 continuaremos também a apostar no nosso ativo mais importante, as pessoas, peça fundamental no sucesso do AKI e do seu posicionamento de proximidade. Continuaremos a dar ótimas razões aos nossos colaboradores para se manterem na empresa por muitos anos, e a tornarmo-nos ainda mais atrativos enquanto empresa para todos os talentos que existem em Portugal e que queremos que nos escolham para crescerem profissional e pessoalmente. Até 2020 iremos necessitar de mais 60 managers. É um enorme desafio que temos pela frente e que passa por identificar, formar e promover aqueles que, sendo já colaboradores do AKI, revelem potencial de crescimento e, naturalmente também, recrutar externamente. Procuramos pessoas que gostem de pessoas, do comércio, que sejam pró-ativas e que revelem um espírito empreendedor muito forte.


rs@briefing.pt 

Newsletter

captcha 

Estante

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária