Entrevistas

12-10-2020

Portugal está no bom caminho no que toca aos dois grandes desafios que a economia enfrenta: a digitalização e a evolução para um modelo de produção circular. É esta a visão do secretário de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor, João Torres, que entende que, em ambos, o retalho tem tido um papel liderante. Tal como foi decisivo para que a cadeia de abastecimento alimentar funcionasse durante o período de confinamento, permitindo aos portugueses ter acesso aos bens essenciais. Não obstante essa análise positiva, não esconde o impacto que a pandemia está a ter a nível económico e social, apontando para uma contração do PIB em 2020 superior à de todos os anos da troika.

06-07-2020

A recuperação da economia portuguesa só ocorrerá quando o consumo voltar a crescer. É esta a leitura que o associate partner da Deloitte, Pedro Miguel Silva, faz do impacto da pandemia de Covid-19. Sobre o retalho, entende que o alimentar e o não alimentar enfrentam desafios distintos nesse caminho.

27-05-2020

O centro comercial Nova Arcada foi adquirido à Caixa Geral de Depósitos, pela empresa de imobiliário internacional MDSR Investments. A gestão continua a cargo da Sonae Sierra, que assumiu a sua remodelação e comercialização, em 2012, “num ano ainda de crise e num ambiente concorrencial agressivo”. A diretora de Gestão de Ativos da Sonae Sierra para Portugal e Espanha, Cristina Santos, explica por que é considerado um caso de estudo de revitalização e reposicionamento.

26-12-2019

Fazer valer os direitos dos consumidores sem colocar em causa os da empresa. É esta a missão do CNIACC – Centro Nacional de Informação e Arbitragem de Conflitos de Consumo, cujo presidente, Fernando Viana, gostaria de ver mais empresas com estatuto de adesão plena e, entre elas, as do setor da distribuição, até porque são a segunda fonte de reclamações. No sentido de alterar este cenário, trabalha em parceria com a APED.

09-12-2019

“As medidas protecionistas contra retalhistas e produtos estrangeiros estão a restringir o crescimento e a prejudicar os consumidores”. A convicção do Diretor-Geral do EuroCommerce, Christian Verschueren, indicia a defesa de que a Europa precisa de enfrentar a ameaça do protecionismo e da legislação discriminatória de forma robusta. Advoga também uma revisão urgente dos obstáculos ao mercado único, que, entende, custam aos consumidores e às empresas 615 mil milhões de euros ao ano e põem em perigo a recuperação económica da Europa.

05-12-2019

Este ano e o próximo serão “decisivos” para a adoção transversal da fatura eletrónica no tecido empresarial português. A opinião é partilhada pelo diretor de Marketing da SERES, Alberto Redondo, para quem as barreiras à sua adoção “são mais psicológicas do que materiais”. Entende que, em Portugal, as empresas de distribuição foram pioneiras na sua adoção “muito antes da sua utilização ser obrigatória”, podendo agora beneficiar dessa “vasta experiência”.

Newsletter

captcha 

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária