Institucional

23-03-2020

Em tempos de distanciamento social, queremos estar mais perto dos nossos leitores, unindo e mobilizando o setor do retalho e da distribuição, estratégico na vida dos portugueses. É por isso que a edição da Store está disponível, excecionalmente, em ebook.

23-03-2020

A inovação é fundamental, no retalho alimentar. É esta a ideia defendida por marcas como o Pingo Doce, a IKEA, o Lidl e a Impossible Foods, que partilham também a visão de que é necessário estar-se atento às tendências, acompanhá-las e encontrar soluções para responder às necessidades dos consumidores. E não só. A preocupação com o ambiente e com a saúde também entra nesta equação.

23-03-2020

Baixos salários, precaridade, rotatividade, trabalho por turnos. São alguns dos contornos da fraca perceção que os portugueses têm do emprego no retalho, visto como pouco atrativo para trabalhar. Mitos, asseguram retalhistas, que, admitem, no entanto, a necessidade de trabalhar no sentido de melhorar a comunicação sobre as “suas” pessoas e, com isso, alterar a perceção dos portugueses. A bem do setor.

23-03-2020

A transição para a economia digital é um desafio transversal ao tecido económico nacional. Coloca, muito concretamente, questões ao nível dos recursos humanos, fazendo emergir uma necessidade muito concreta de investimento na (re)qualificação dos trabalhadores para dar resposta a um cenário em que funções há que vão desparecer e outras que vão ganhar novo peso na operação das empresas.

23-03-2020

Foram 25 as empresas que se reuniram, no início do mês de fevereiro, para assinar o Pacto Português para os Plásticos. A estes membros efetivos, juntaram-se os institucionais, que ascendem a 30, englobando associações empresariais, governo, organizações sem fins lucrativos, universidades, e entre os quais se encontra a APED.

09-03-2020

Na Jerónimo Martins, a evolução pessoal e profissional dos colaboradores baseia-se no “mérito, nas qualificações e na igualdade de oportunidades”. Quem o diz é a head of Corporate Employer Relations and Internal Social Responsibility, Susana Correia de Campos, que destaca que o princípio de igualdade e não discriminação está “bem definido” no Código de Conduta do grupo, refletindo-se nas políticas de recursos humanos.

Newsletter

captcha 

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária