segunda, 06 maio 2019 16:21

Comércio de rua anima retalho, segundo a Savills

O índice de volume de negócios no comércio a retalho aumentou 3,9% em 2018, de acordo com a análise da consultora imobiliária Savills Portugal, que destaca o contributo do comércio de rua na cidade de Lisboa e do Porto. 

“O mercado de retalho voltou a ser marcado pelo dinamismo do comércio de rua, que tem registado uma evolução sólida e crescente, atraindo diariamente novos retalhistas e promovendo a abertura de novos conceitos que em muito têm contribuído para a transformação dos principais centros urbanos”, comenta, em comunicado, Cristina Cristóvão, Director Retail Department da Savills Portugal.

Assim, em 2018, a Savills recolheu uma amostra de 231 novas lojas de rua na cidade de Lisboa. Cerca de 75% das novas aberturas referem-se ao setor da restauração/alimentação. Todas as outras atividades demonstraram um peso residual, com o setor da moda a contabilizar 9% das novas aberturas. Entre as insígnias que abriram novas lojas estão a My Auchan, a Minipreço e a Wells.

 

Fonte: Young Network Group

Newsletter

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária