quarta-feira, 23 outubro 2019 12:54

Poder de compra dos europeus cresceu em 2019

O poder de compra dos europeus cresceu cerca de 3,5% em 2019, para uma média per capita de 14,739 euros, de acordo com o estudo “Purchasing Power Europe 2019”, da GfK. O Liechtenstein, a Suíça e o Luxemburgo são os países com melhores resultados, enquanto a Moldávia, o Kosovo e a Ucrânia estão na posição oposta.

Assim, o Liechtenstein volta a ser primeiro, com um poder de compra per capita de 67,550€, valor que ultrapassa largamente o de outros países e é 4,5 vezes mais elevado do que a média europeia. Com 42,067€ por pessoa, a Suíça está em segundo lugar, mantendo a posição do ano passado. Já o Luxemburgo, chega ao top 3 este ano, com um poder de compra per capita de 35,096€, colocando a Islândia em quarto lugar.

A GfK esclarece que o poder de compra é uma medida do rendimento disponível após a dedução de impostos e contribuições sociais e inclui todos os benefícios de estado. E este estudo baseia-se na renda disponível nominal da população, o que significa que os valores não são ajustados à inflação. Os cálculos são realizados com base nos rendimentos e ganhos reportados, nas estatísticas dos benefícios governamentais e nas previsões económicas fornecidas pelas organizações.

Fonte: LPM

Newsletter

captcha 

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária