segunda-feira, 27 julho 2020 11:26

Europeus vão continuar a comprar online

O e-commerce sofreu um impulso durante o confinamento: 64% dos inquiridos num estudo promovido pela empresa de packaging DS Smith admitiram ter comprado online e 41% fizeram mais compras digitais do que antes. Esta é uma tendência que parece ter vindo para ficar, pois 89% afirmaram que vão continuar a apostar neste canal.

 

O estudo envolveu oito mil consumidores em seis países - França, Alemanha, Itália, Polónia, Espanha e Reino Unido.

Além disso, a maioria – 91% - também manifestou confiança no comércio online, estando igualmente a reconsiderar alguns hábitos de compra. Assim, 52% disseram que foram “ver montras” ou que criaram uma lista de desejos durante o confinamento. Metade da amostra disse ter procurado “pechinchas” online.

 Mais de metade dos inquiridos planeiam comprar online produtos de mercearia (62%), produtos de higiene (63%) e produtos para a casa e jardim (63%), nos próximos seis meses, tanto ou mais do que antes.

A sustentabilidade é uma das razões que leva a esta opção.

Fonte: HK Strategies

Newsletter

captcha 

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária