quinta-feira, 13 outubro 2022 15:19

Setor da distribuição: empresas comprometem-se a descarbonizar até 2040

Alcançar a descarbonização do setor da distribuição até 2040 é a ambição do roteiro apresentado esta quinta-feira, em Lisboa, pela APED. E assinado, no evento, por 16 empresas.

Coube à coordenadora da Área de Ambiente da associação, Cristina Câmara, dar a conhecer, perante uma plateia de associados reunida no Centro Cultural de Belém, as linhas orientadoras desta estratégia.

Setor da distribuição: empresas comprometem-se a descarbonizar até 2040

Assente numa carta de princípios, propõe-se reunir, numa base voluntária, as empresas com o objetivo comum de combater as alterações climáticas, maximizando o impacto positivo da ação coletiva.

E nesta carta são quatro os princípios basilares, a começar pela visão – de curto, médio e longo prazo – associada à qual existe a ambição de acelerar a descarbonização. Mas – como realçou a porta-voz desta estratégia – “não basta haver intenções, é preciso executar, passar ao terreno, medir e monitorizar, para avaliar o progresso”.

O terceiro princípio é o da responsabilidade: “Encaramos este projeto e a adesão das empresas com sentido de seriedade e acreditamos que as empresas seguem também com toda a responsabilidade a execução dos compromissos previstos e a partilha de informação junto da APED.”

E, finalmente, a colaboração, porque “o ponto forte do trabalho de uma associação é a ação coletiva”.

A partir destes princípios, foram definidos três eixos: integrar a ação climática na estratégia das empresas; adaptar e executar; e colaborar com as empresas do setor e outros stakeholders e influenciar a cadeia de valor.

Com vista a garantir a adesão das empresas a este roteiro, foram definidos requisitos mínimos, que envolvem o cumprimento de dez compromissos para as pequenas e médias empresas e de 17 para as empresas maiores. “O setor é muito diversificado, com empresas de natureza e dimensão muito diferentes, pelo que quisemos ser inclusivos”, declarou Cristina Câmara, ao justificar a diferença no número de compromissos.

Quanto ao caminho para a execução dos compromissos, faz-se tendo três datas no horizonte: 2025, 2040 e 2040, com a APED a chamar a si o papel de auxiliar as empresas na implementação do roteiro, nomeadamente fornecendo guias e outras ferramentas, mas também trabalhando em conjunto para, se necessário, revisitar o nível de ambição.

Aldi, Auchan, Confemo, DIA, El Corte Inglés, FNAC, Grupo Brodheim, IKEA, Irmadona, Leroy Merlin, Lidl, Makro, MC, Pingo Doce, Worten e Zeitreel foram as empresas que aderiram ao roteiro no dia da sua apresentação pública.

Fonte: Store

Newsletter

captcha 

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária