Internacional

12-01-2021

O volume de negócios do comércio a retalho, em novembro de 2020, diminuiu 6,1% na área do euro e 5,0% na União Europeia (UE), em comparação com o mês anterior. De acordo com estimativas do Eurostat, as medidas de contenção da Covid-19, introduzidas novamente por vários estados-membros, tiveram um “impacto significativo”.

04-01-2021

A Sonae MC é a quarta empresa do mundo com maior percentagem de plástico reutilizável já incorporado nas suas embalagens (13,4%). De acordo com o relatório anual da fundação Ellen MacArthur, que dá conta dos progressos do compromisso “New Plastics Economy”, a retalhista é líder, em Portugal, na utilização de embalagens reutilizáveis, recicláveis ou compostáveis.

17-12-2020

A Jerónimo Martins consolida a posição de liderança no combate às alterações climáticas e à desflorestação no setor do retalho alimentar. A CDP, empresa que faz a avaliação anual, divulgou os resultados, que destacam o grupo em todas as commodities.

11-12-2020

O World Retail Congress lançou o seu nono relatório, “The Retail World 2020: Retailing in a Time of Crisis”, que se foca nas mudanças trazidas ao retalho pela Covid-19. O trabalho conta com o contributo do EuroCommerce, que afirma que os governos nacionais da União Europeia (UE), "prestes a receber 750 mil milhões de euros de apoio para a recuperação", precisam de compreender que o comércio retalhista é um "motor vital da economia" e necessita de ser apoiado.

09-12-2020

A Sonae foi distinguida como líder mundial no combate às alterações climáticas pelo CDP – Carbon Disclosure Project, organização não governamental que classifica a performance ambiental de empresas e cidades. O grupo foi, mais uma vez, reconhecido por reduzir emissões de gases de efeito de estufa, mitigar riscos climáticos e desenvolver a economia de baixo carbono.

25-11-2020

Os retalhistas e grossistas precisam de uma estrutura de dados “competitivos e seguros”, para impulsionar o crescimento digital. O diretor-geral do EuroCommerce, Christian Verschueren, disse, esta quarta-feira, que a Europa está a ficar “atrás” dos seus concorrentes, Estados Unidos e Ásia.

Newsletter

captcha 

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária