sexta-feira, 11 setembro 2015 16:16

EuroCommerce desapontado com comentários de Juncker sobre o Retalho

O EuroCommerce acaba de se manifestar surpreendido e desapontado com os comentários que o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, fez sobre o setor do Retalho no decorrer de uma intervenção no Parlamento Europeu.



Os comentários do presidente sobre "a necessidade de quebrar alguns oligopólios do Retalho" no contexto da crise atual no setor agrícola estão em rota de colisão com a realidade da crise e com um estudo abrangente realizado pela Direção-Geral da Concorrência da Comissão Europeia, com base no qual o mercado do Retalho na Europa carateriza-se por forte competitividade.

Em comunicado, o EuroCommerce salienta que a atual crise no setor agrícola deve-se, especialmente, ao excesso de produção do mercado global devido aos últimos desenvolvimentos, incluindo o embargo russo, uma baixa no consumo chinês, o levantamento das quotas do leite e a estagnação do consumo na Europa.

Ao longo do verão, os retalhistas mostraram-se solidários através de ações concretas e de diálogo com agricultores e fornecedores. Disponibilizaram ajuda imediata para aumentar a sua receita e colaboraram no sentido de encontrar soluções de longo prazo. Estas ações, que os retalhistas defendem e apoiam, incluem uma organização mais eficiente dos mercados, instrumentos financeiros para proteger os agricultores da volatilidade dos preços, valor acrescentado na produção e promoção na exportação.

Fonte: EuroCommerce

Newsletter

captcha 

Estante

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária