quinta, 27 dezembro 2018 16:00

El Corte Inglés vende ativos para reduzir dívida

O El Corte Inglés anunciou que quer vender cerca de 130 imóveis de grande dimensão que detém em Espanha, em 2019. O objetivo é otimizar os recursos e reduzir a dívida financeira, que, no fim do terceiro trimestre, ultrapassava os 3,6 mil milhões de euros. A Moody’s já classificou a operação de “positiva” para a solvência do grupo.

A agência de rating confirmou o rating Ba1 com perspetiva estável para a dívida do El Corte Inglés.

Segundo o Expansión, Blackstone, Merlin Properties, Apollo, Starwood (em conjunto com Drago Capital), Tristan Capital Partners e Castellana Properties são alguns dos investidores que já se candidataram a adquirir imóveis da carteira, entre os quais se incluem terrenos, escritórios, plataformas logísticas e estabelecimentos de uso comercial.

“Os ativos totais do perímetro sujeitos a análise de desinvestimento somam mais de dois milhões de metros quadrados distribuídos por todo o território nacional [Espanha]. O valor estimado destes ativos situa-se entre 1,5 mil milhões e 2 mil milhões de euros”, diz o grupo, em comunicado.

Newsletter

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária