quinta-feira, 28 março 2019 14:42

UE sem plásticos de utilização única a partir de 2021

O Parlamento Europeu aprovou esta quarta-feira a proibição, a partir de 2021, de produtos de plástico de utilização única para os quais existem alternativas. Uma medida que abrange pratos, talheres, cotonetes, palhinhas, agitadores de bebidas, varas para balões, recipientes para alimentos e bebidas feitos de poliestireno expandido e produtos de plástico oxodegradável.

 

Além disso, os Estados-Membros terão de tomar medidas para alcançar uma “redução quantitativa mensurável” do consumo de outros produtos de plástico de utilização única, como recipientes para alimentos e copos para bebidas, incluindo as respetivas coberturas e tampas.

Terão, nomeadamente, de assegurar a recolha seletiva de pelo menos 90% das garrafas de plástico até 2029. Haverá também uma meta vinculativa de, pelo menos, 25% de plástico reciclado para as garrafas a partir de 2025. Em 2030, todas as garrafas de plástico terão de respeitar um objetivo de, pelo menos, 30% de material reciclado.

No contexto da nova legislação, recorda-se que mais de 80% do lixo marinho na UE é constituído por plástico. E que os produtos de plástico descartáveis e as artes de pesca abrangidos por esta diretiva representam cerca de 70% do lixo marinho.

Fonte: Parlamento Europeu

Newsletter

captcha 

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária