terça-feira, 17 março 2020 15:54

EuroCommerce apela: não esvazie as prateleiras

O diretor-geral do EuroCommerce, Christian Verschueren, apela, em comunicado, aos consumidores para que não esvaziem as prateleiras dos supermercados, na sequência da pandemia de coronavírus. Já aos governos da União Europeia insta a que sigam as diretrizes da Comissão emitidas esta segunda-feira, encorajando os Estados membros a garantir a livre circulação de alimentos, mantendo as fronteiras abertas “para camiões que transportam os bens de que as pessoas precisam diariamente”.

“Todos os nossos membros deixaram claro que temos suprimentos suficientes prontos para atender à procura por alimentos e itens essenciais diários, mas isso pode ser comprometido se medidas desproporcionais forem tomadas nas fronteiras dos países para tornar impossível a entrega de um estado membro para outro”, alerta, chamando a atenção para alguns “trabalhadores vitais” do setor que vivem num estado membro e trabalham noutro. “Pedimos que as autoridades nacionais permitam que esses funcionários trabalhem e continuem atendendo os clientes”.

Christian Verschueren reforça também que “não é necessário comprar grandes quantidades de necessidades diárias”. “As lojas de retalho alimentar permanecem abertas em todos os lugares, embora com algumas restrições em alguns países. Esvaziar as prateleiras de um produto cria um círculo vicioso de compra de pânico, e esse é um padrão de procura que dificulta o reabastecimento”. Apela, como tal, aos consumidores para que ajam com “moderação e solidariedade”. “Deixemos alguns produtos para outros que também precisam”, conclui.

Fonte: EuroCommerce

Newsletter

captcha 

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária