Imprimir esta página
terça-feira, 29 setembro 2020 13:57

Consumidores online de moda pedem sustentabilidade

Os consumidores online de moda e acessórios adotaram hábitos mais sustentáveis nas suas compras, desde o início da pandemia de Covid-19. De acordo com uma nova pesquisa da empresa de embalagens da Smurfit Kappa, os clientes estão a exigir às insígnias embalagens mais sustentáveis.

A pesquisa da Smurfit Kappa revela que 41% dos consumidores online do setor da moda indicaram que, nos últimos seis meses, adotaram medidas para garantir que as suas compras são o mais sustentável possível. O estudo destaca ainda que 25% dos consumidores investigaram uma marca online para avaliar o seu nível de sustentabilidade; 35% declararam que não comprariam online a uma empresa de moda, se soubessem que a sua embalagem não era sustentável; e 23% voltou a comprar uma marca de roupa, baseando-se nas suas credenciais de sustentabilidade.

“Os consumidores querem que as marcas online de moda e acessórios atuem com responsabilidade e tenham em conta o impacto social e ambiental da sua atividade. As marcas de moda — e, na verdade, todas as marcas — têm de se adaptar à procura dos consumidores em matéria de sustentabilidade, pois arriscam-se a perder clientes se não o fizerem. A opinião e a inclinação dos clientes para a sustentabilidade são similares nos quatro mercados inquiridos, o que destaca o desejo crescente dos consumidores europeus de que as empresas continuem a priorizar e empenhar-se para melhorar as suas práticas de sustentabilidade, também durante a atual crise económica”, refere o vice-presidente da Inovação e Desenvolvimento da Smurfit Kappa, Arco Berkenbosch

A amostra compreendeu consumidores de quatro países europeus: Alemanha, Irlanda, Holanda e Reino Unido.

Fonte: Esencial