quarta-feira, 27 janeiro 2021 14:04

CEO da Sonae defende foco no planeta e nas pessoas

A CEO da Sonae foi oradora convidada na Davos, a conferência do World Economic Forum. Cláudia Azevedo defendeu que, “em 2021, os conselhos de administração das empresas devem focar-se no planeta e nas pessoas, estabelecendo objetivos ambiciosos, envolvendo todos e premiando o esforço de cada um”.

De acordo com Cláudia Azevedo, “a pandemia veio demonstrar a importância dos valores, do propósito e das pessoas para as empresas”, realçando que a missão das empresas ganhou uma especial relevância. “Na Sonae, temos a missão de criar valor económico e social de longo prazo, mas quando me tornei CEO da Sonae houve quem comentasse que era impossível conjugar retorno financeiro com a criação de valor social. O último ano veio demonstrar que isso era possível e desejável”, garantiu.

A CEO da Sonae integrou o painel “Reorienting Boards for the Long Term” (“Reorientar os Conselhos de Administração para o Longo Prazo”), que se debruçou sobre os passos concretos que os líderes empresariais podem dar, a fim de criar um mundo empresarial mais focado no valor criado para todos os stakeholders e o meio ambiente. Do grupo de oradores, fizeram parte ainda: o CEO do Natixis Investment Managers, Jean Raby; o Chairman da Nestlé, Paul Bulcke; o Chairman da Massellaz, André Hoffmann; o Presidente e CEO da Sumitomo Corporation, Masayuki Hyodo; e o diretor do Fórum Económico Mundial, Adam Robbins.

Fonte: BA&N

Newsletter

captcha 

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária