terça, 09 janeiro 2018 11:02

FNAC já escolheu novo talento da fotografia

O prémio Novo Talento FNAC Fotografia 2017, que distingue o talento nacional na área da fotografia, vai para Luís Preto, pelo seu portefólio "Maciço Antigo". Adriano Pimenta foi destacado com uma menção honrosa pelo trabalho "Testemunho ou Chacado".

 

Nesta 15.ª edição da iniciativa, o júri deu primazia à originalidade, qualidade técnica e capacidade narrativa. Em comunicado, explica que "a obra vencedora destacou-se pelo trabalho de reflexão, marcado por retratos intimistas e pelo desgaste da ação do tempo nas arquiteturas e nas populações de lugares isolados de Portugal".

A obra de Adriano Pimenta, que ganhou a menção honrosa, é uma compilação de imagens que testemunham a cultura, história e território Saudita. "As fotografias simbolizam uma vivência de alguém que aprendeu a observar, através da sua máquina fotográfica, a singularidade de uma nação", refere a FNAC.

O júri foi composto por Mário Cruz, fotojornalista da Lusa e vencedor do World Press Photo 2016 na categoria de Assuntos Contemporâneos, Augusto Brázio, fotógrafo, Francisco Feio, professor de fotografia, e Sérgio B. Gomes, jornalista do Público.

A cerimónia de entrega dos prémios terá lugar a 20 de janeiro, na FNAC de Santa Catarina, no Porto, às 18 horas, e na FNAC do Chiado, em Lisboa, pelas 19 horas. O vencedor irá receber uma máquina fotográfica Canon, um curso de fotografia e uma assinatura anual da revista "O Mundo da Fotografia", além de ver o seu trabalho exposto nos Fóruns FNAC, à semelhança do que acontecerá com a obra destacada com a menção honrosa.

FNAC já escolheu novo talento da fotografia

Fonte: Adagietto

Estante

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária