terça-feira, 22 janeiro 2019 16:02

Imobiliário de retalho deve crescer 1,2% em 2019

O índice de volume de negócios do comércio a retalho deverá manter este ano a trajetória de crescimento, ainda que a um ritmo inferior ao observado no ano anterior: 1,2% em 2019 em comparação com 3,2% em 2018. Os dados são do relatório Tendências do Mercado Imobiliário” para 2019 da CBRE.

A consultora aponta a “fase ascendente” do comércio de rua, impulsionado em grande parte “pelo turismo e a reabilitação de imóveis, que tem levado à expansão para novas localizações em artérias próximas aos tradicionais eixos comerciais”. Fatores que, entende, vão conduzir a um continuado aumento do valor das rendas nas zonas mais consolidadas.

A CBRE prevê que a renda prime no comércio de rua mantenha em 2019 a tendência de crescimento com aumentos na ordem dos 5%, em Lisboa, e 10%, no Porto.

“Apesar de as melhores localizações continuarem a atrair as marcas mais emblemáticas, 2019 será também marcado pelo crescimento do comércio de bairro, trazendo com ele pequenas marcas de comércio local e artesanal, o que reflete o aumento do empreendedorismo pós-crise em Portugal”, diz a empresa, em comunicado.

Globalmente, o investimento imobiliário em Portugal cresceu 54% no ano passado, face a 2017, para 3,5 mil milhões de euros, refletindo o “dinamismo” do mercado.

Fonte: Hill+Knowlton Strategies

Newsletter

captcha 

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária