segunda-feira, 16 setembro 2019 13:18

Utilização de plástico em debate na Empack and Transport & Logistics

A redução do uso de plástico, a economia circular, a sustentabilidade e o e-commerce marcam o debate da quinta edição da Empack and Transport & Logistics, que regressa à Exponor, em Matosinhos, nos dias 18 e 19 de setembro.

 

Considerada a maior feira portuguesa dedicada a profissionais das áreas da embalagem, armazenagem, manutenção e logística, a Empack and Transport & Logistics vai colocar em cima da mesa a nova norma da União Europeia relativa à abolição de embalagens plásticas descartáveis de uso único até 2030 e a economia circular, que vão ser abordadas e discutidas por alguns dos principais utilizadores de embalagens e por associações industriais, como Associação Portuguesa da Indústria de Plástico (APIP).

“Esta é uma temática à qual os players do setor não poderão fugir. É, por isso, de extrema importância que juntos discutamos novas soluções e partilhemos ideias. Este é, por isso, um assunto que urge debater. Por esta razão, o tema estará em destaque numa das várias conferências que irão decorrer durante a Empack and Transport & Logistics”, salienta a responsável pela feira, Raquel Carboneras.

Exemplo disso é o debate sobre “Os desafios da economia circular na indústria das embalagens”, marcado para dia 18, ao qual o secretário de Estado do Ambiente, João Ataíde, vai assistir. Do lado dos oradores, o tema será discutido por Luís Ferreira, Packaging & Messaging responsible da Bosh, Gonçalo Silva, Investigador da Universidade do Porto, Nuno Nogueira Oliveira, Quality Assurance manager da Makro, e Filipe Simões, diretor executivo da FRUUT.

No segundo dia, o painel de oradores das várias conferências integra nomes como Paulo Dourado, diretor de Comunicação da APIGRAF, que abordará as cinco principais tendências do mercado europeu de embalagem; Paulo Vaz, diretor geral da Associação Têxtil e Vestuário de Portugal (ATP), e André Valente da NACEX, que vão debater estratégia de e-commerce.

Este ano, mantém-se a utilização do “Smart Badge”, um cartão que serve de acreditação e que funciona como uma pasta virtual para o evento, permitindo que os visitantes possam aceder a toda a informação, posteriormente. À praticidade do cartão junta-se o facto de ser uma iniciativa “amiga do ambiente”, posicionando-se em linha com o mote da Empack and Transport & Logistics.

Fonte: YOUNGNETWORK GROUP 

Newsletter

captcha 

Assinar Edição ImpressaAssinar Newsletter Diária